Quem sou eu

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

[imagem: google]

Tomara que apesar dos apesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz.
As coisas vão dar certo.
Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz...
Se não tiver, a gente inventa.
[Caio Fernando Abreu]

Calendário Novo
Desejo só novas coisas para todos!
Que as paixões se renovem, que o amor brote, que a vida floresça, que a coragem chegue e que todos tenhamos discernimento para saber o verdadeiro significado de ser feliz!!!!
Porque a vida é sempre hoje!
Mas, se a expectativa vem com o virar da página, com o tão esperado calendário novo, então, vamos!
Que venha janeiro, que venha 2012 e vamos fazer melhor, fazer o novo...
Tente Fazer com o coração limpo.
Feliz página nova para todos!
Branquinha, toda sua, escreva a primeira linha, tenha sabedoria que não há borracha que apague os erros, então, tente não fazer rascunhos.
A vida segue e tudo tem seu curso natural e a sua janela é sua, ninguém poderá fechá-la. 
[Áurea Oliveira]

 “Repito sete vezes para dar sorte: que seja doce, que seja doce, que seja doce, e assim por diante.
Que seja bom o que vier, pra você."
[Caio Fernando Abreu]

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

A Expectativa da Tua Chegada...

[imagem: Google]
Porque
os meus dias eram rudes sem você.
Porque não fazia sentido sem o teu olhar...
Precisava do teu sorriso, do teu pensar.
Porque dentro de mim, alguma coisa gritava você!
Sentia a tua chegada, o teu amar...
Fazia-me bem esse sonhar.
E você veio me fazer delirar
meus dias ficaram completos...
*
Mas, se você não está, tudo é incerto, já não tem gosto de amar...
Porque sem você erro o caminho,
já não sei andar sozinha e me transformo em desamor...
Vem pra ficar na minha vida,
curar-me as feridas, vem me encher com teu calor...
Vem tirar a minha dor, vem calar a mim’alma,
vem tomar a minha calma, me envolver com teu sabor.
*
Porque, com você, eu perco o sono,
Já não estou no abandono...
*
Vem,
reinventa-me a cada instante, me deixa flutuante...
Porque é isso que eu desejo,
essa ânsia do teu beijo, o aconchego do teu peito,
o teu jeito de me ver...
*
Vem
e me rouba só pra
você!

[Áurea Oliveira]
Criado na utopia e reeditado na realização

Amor Não Se Explica... ♥

Amor não se explica, vive!
Se explicar complica e o coração não sente.
Amor, só é dado o direito de definir aqueles que têm sentimento
e o vivem à flor da pele a
través das letras, escritas, poesias
ou então, quem pinta em cores e expressões...
Quem sabe até uma bela melodia?

Somente àqueles que estão próximo dos deuses,
só a eles é dado o direito de explicar.
Sentimento tão profundo, sentimento tão confuso,
que faz o coração vibrar, que faz a mente viajar,
que faz a boca ao mundo gritar...
Mas, que os amantes se calam
e expressam com o olhar.

A nós mortais, é dado o direito de vivê-lo,
de senti-lo, pois pra explicar o amor, é preciso ter emoção,
é preciso abrir o coração e deixar entrar o sentimento,
sem medo de se machucar...
Pois amor não se explica,
apenas vive-se
e
se é feliz.

[não achei o autor do texto]

O Que Vem de Você...

Leveza sentida no teu surgir na esquina,
nos teus passos, o teu pisar, teu quase flutuar...
É o teu cheiro doce no ar,
quando passas sem olhar...
Cheiro de calmaria,
incondizente com a euforia que faz
meu coração gritar.
É a timidez que escondes no olhar,
olhar que me faz parar, só para te ver passar.
Leveza da tua pele macia... 
É o teu jeito de falar e a delicadeza de tocar...
Passo os dias a pensar, o quão contraditória se faz essa tua leveza
ao me deixar acesa só por te imaginar...


[Áurea Oliveira]
******************************************************
Leveza
Leve é o pássaro:

e a sua sombra voante,
mais leve.
E a cascata aérea
de sua garganta,
mais leve.
E o que se lembra, ouvindo-se
deslizar seu canto,
mais leve.
E o desejo rápido
desse mais antigo instante,
mais leve.
E a fuga invisível
do amargo passante,
mais leve.
Cecília Meireles

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011


E eu amo...
Sem razão para tanto
e
com tantas razoes para...
E o meu amor é grande
e
você cabe em mim,
assim...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

E as coisas lindas são mais lindas
Quando você está
Onde você está
Hoje você está
Nas coisas tão mais lindas...