Quem sou eu

segunda-feira, 14 de março de 2011

A tua figura...

Você penetra nos espaços mais escondidos da minh'alma.
Preenche meu lado confuso e desejo mais profundo...
Atormenta meus olhos, seca a minha boca,
Invade minha intimidade.
Você preenche toda a minha luxúria, toda a minha vaidade...
Não me perturbas mais...
Isso é perigoso.
Tira de mim a imagem sensual da tua figura, delineação da tua alma pura...
Tua silhueta doce e perfeita de leve dançar,
Não brincas com os meus dias, se não vieste para ficar...
Vai... E não me leva os pensamentos...
... Preciso ser atento para o amanhecer de outro ser.
Liberta-me dessa agonia que é viver do teu sorriso quando ele não é meu...
Liberta-me das tuas vontades, antes que me seja tarde para voar...
Abre tua mão,
me solta de todo ou me prende em teus braços pra nunca mais...
Só não me confundas...
Mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário